Fale com a Prefeitura Atendimento das 8:00 às 12:00h - 13:00 às 17:00h
Prefeitura Sarutaiá
(18) 3639-9000

Aracanguá vence Nhandeara nos pênaltis e conquista título da Lidesfrim VOLTAR

Diante de um empate por 1 a 1 no tempo normal, numa partida acirrada e marcada por muita raça, vontade e superação das duas equipes, o jovem time de Santo Antônio do Aracanguá levou a melhor na decisão nos pênaltis, ao bater o Nhandeara por 4 a 1, na final da Copa de Futebol Amador da Lidesfrim - Liga Desportiva da Frente Regional Integrada de Municípios – disputada na tarde deste domingo (10), no Centro Esportivo e Recreativo do Trabalhador (CERET), de Buritama.

O gol da equipe de Aracanguá saiu logo nos primeiros minutos de jogo e foi anotado por Zé Eduardo. A pressão na volta do intervalo foi do time de Nhandeara, que reagiu e empatou a partida aos quatro minutos do segundo tempo, com gol marcado por Tiaguinho.

Com o placar empatado e um calor escaldante, as duas equipes diminuíram o ritmo de jogo e tiveram uma postura mais defensiva no restante da etapa complementar. Mesmo com um jogador a menos, após a expulsão do volante Natanael que já tinha cartão amarelo, os meninos de Aracanguá conseguiram segurar o resultado e a decisão foi para os pênaltis.

Pelo lado Aracanguaense as três primeiras cobranças (Paulo Henrique, David e Rodrigo Uchoa) foram convertidas em gols, enquanto a exausta equipe de Nhandeara já sentia os efeitos do primeiro pênalti chutado pra fora e outro que parou nas mãos do goleiro Caio. Somente na terceira tentativa o time Nhandearense conseguiu acertar o pênalti, mas já não adiantava mais nada depois que Zé Eduardo anotou o quarto tento para Aracanguá que valeu o título para a equipe dirigida pelo técnico Celso Reis e pelo auxiliar Guilherme Biudes.

Aracanguá chegou à final da competição com um desempenho positivo marcado por oito vitórias, um empate e quatro derrotas. O troféu de artilheiro também foi outra conquista do município, com o jogador Paulo Henrique, que marcou 8 gols durante os 13 jogos do campeonato.

De acordo com o diretor da divisão municipal de Esportes, Pascoal Alves da Silva, o título coroa o trabalho de toda a equipe, respaldado pelo prefeito Rodrigo Santana, que resgatou a competição no município e acreditou no potencial dos atletas da cidade, já que todo o time é composto por pratas da casa, num mesclado de jogadores de Aracanguá, Vicentinópolis e Major Prado, sem nenhum jogador de fora. “Foi um presente para todos, já que o último título de campeão amador foi conquistado há 27 anos. Estamos tendo a oportunidade de reviver os momentos vivenciados há quase três décadas e compartilhar agora com esta meninada que, na época, ainda nem era nascida”, explicou o diretor. “Foi um trabalho em equipe que valeu a pena e nos trouxe muita alegria”, conclui.

Além do bom desempenho do time, a torcida de Aracanguá compareceu em massa e também fez a sua parte, ovacionando os jogadores durante o jogo e incendiando a arquibancada no momento da cobrança dos pênaltis. O prefeito Rodrigo Santana e os vereadores: Zé Di Zena (PSB), Corró (PMDB), Ivan Cordeiro (PV) e Carlinhos Tucunaré (PV), também levaram apoio à equipe.

A emocionante final do campeonato foi transmitida ao vivo pela rádio comunitária de Aracanguá, Evidência FM, que opera na freqüência 104.9, com a narração do prata da casa Danilo Oliveira.

Esta é a 9ª edição da competição que reuniu 11 equipes dos 16 municípios que compõem a FRIM (Frente Regional Integrada de Municípios), que tem o objetivo de se unir e organizar as cidades de modo a trabalhar estratégias que promovam economia administrativa, integração da micro-região e promover eventos que envolvam esportistas da região.

FICHA TÉCNICA 

Tempo Normal: Santo Antônio do Aracanguá 1 X 1 Nhandeara

Pênaltis: Santo Antônio do Aracanguá 4 X 1 Nhandeara

Local: Centro Esportivo e Recreativo do Trabalhador – CERET – Buritama/SP

Data: 10 de dezembro de 2017 (domingo) 

Horário: 17h

Árbitro: Júnior César Lossávaro

Cartões amarelos: Natanael, Saulo, Eder Baiano, Zé Eduardo e Leonardo (Aracanguá)

Cartões vermelhos: Natanael (Aracanguá)

 

Penalidades 

Aracanguá: Paulo Henrique (gol); David (gol); Rodrigo Uchoa (gol) e Zé Eduardo (gol)

Nhandeara: Diogo (perdeu); Berti (perdeu) e Niltinho (gol)

ARACANGUÁ: Caio, Leonardo, Eder Baiano, Saulo, Natanael, Cássio, Higor (Pedro Tiago), Rodrigo Uchoa, Tita (David), Paulo Henrique, Zé Eduardo - Lucas, Arthur, Vinícius, Babalú, Rafael, Túlio, Tiziu, Hércules e Bê. 

Técnico: Celso Reis / Auxiliar Guilherme Biúdes

 

NHANDEARA: Igor, Alemão, Diogo, Lucas, Berti, Juliano, Delvan, Niltinho, Formiga (Fernando), Tiaguinho e Cleitinho – Jacson, Diego, Marcinho, Ricardinho e Alessandro

Técnico: Bodinho