Fale com a Prefeitura Atendimento das 8:00 às 12:00h - 13:00 às 17:00h
Prefeitura Sarutaiá
(18) 3639-9000

Aracanguá desbanca Atadiesel e é campeão da 1ª Copa Master 50 anos VOLTAR

O estádio municipal Eduardo Calácio, de Santo Antônio do Aracanguá, foi palco, na manhã do dia 22 de abril, da grande final da 1ª Copa Master de Futebol de Campo acima de 50 anos, com confronto marcante entre as fortes equipes de Aracanguá x Atadiesel, que empataram em 1 a 1 no tempo normal e decidiram o título nos pênaltis.

A competição foi organizada pelo departamento de Esporte e Lazer da prefeitura, com jogos todos os domingos por sete rodadas consecutivas e reuniu cinco equipes participantes, uma do município (Aracanguá) e quatro de Araçatuba (América Atadiesel, Ferroviário e Uau Fi).

Para o jogo da final, o time de Aracanguá, dirigido pelo técnico Guilherme Biúdes, entrou em campo com Betão, Sandro, Tim, Toinho, Muritinga, Fumaça, Pascoal, Edinho, Antônio Donizete, Vital, Celso Reis, Eronildes, Lorinho, Zebra, Parafuso, Maurício, Roberval e Odair.

Já a equipe do Atadiesel, do técnico Ivanildo Urbano Gonçalves, foi a campo com Malta, Garrido, Dario, Edmilson, Valdir, Ademir, Ubirajara, Robson Rodrigues, Helinho, Barbosa, Garrincha, Erculano, André Luis, Walcir e Sami.

Favorita ao título do torneio, a equipe da Atadiesel, considerada uma das mais fortes equipes da região na categoria, saiu na frente com gol marcado por Helinho, aos 25 minutos do primeiro tempo, mas foi desbancada, numa partida extremamente acirrada, pelo futebol efetivo do time Aracanguaense, que mostrou garra e empatou o jogo logo em seguida, aos 27 minutos, com gol anotado por Vital, que levou a decisão para as penalidades.

Logo no primeiro tempo, o técnico Guilherme fez uma alteração no ataque. Edinho saiu com dor no pescoço e foi substituído por Alemão. No segundo tempo, saiu Sandro e entrou Maurinho. As substituições da Atadiesel só vieram na etapa final. O lateral Ademir saiu para a entrada de Tuquinha e, logo em seguida, o técnico Ivanildo tirou Dario e colocou André.

Ainda no segundo tempo, no finalzinho do jogo, Pascoal e Garrincha se desentenderam e foram expulsos pelo arbitro Fábio Mendes. Com o desfalque, o técnico de Aracanguá mexeu novamente na tentativa de reestruturar o time, colocando Eronides no lugar do lateral Fumaça.

Com o empate por 1 a 1, a disputa foi para os pênaltis, onde o time da Atadiesel marcou apenas uma vez, desperdiçando três oportunidades e viu o goleiro Betão, de Aracanguá, tornar-se o destaque da partida ao defender três penalidades.

A equipe da casa também entregou uma de suas cobranças nas mãos do goleiro Malta, mas foi feliz nas demais penalidades e triunfou com ampla vantagem ao decidir o placar por 3 a 1, sagrando se campeã da competição.

O prêmio de artilheiro da primeira edição da Copa Master no município foi entregue ao jogador Helinho, do Atadiesel, que marcou 8 gols. Já o goleiro menos vazado foi Malta, da mesma equipe, com apenas 3 gols sofridos durante toda competição.

O terceiro lugar, que também foi decidido nos pênaltis, ficou para a equipe do Ferroviário que levou a melhor contra o América, ao vencer por 4 a 3.

A copa tem a adesão da Zapith Esporte, que patrocina a competição com a premiação de troféus e medalhas e, conta também, com o apoio do jornal O Liberal, Ótica V+ e da rádio comunitária da cidade Evidência FM, além do incentivo do esportista Carlos Roberto Antunes, o Baianinho.